DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

ENEVA apresentará à Aneel proposta ajustada para adequação dos contratos de Parnaíba II


Proposta da companhia está em linha com os termos e condições requeridos pelo regulador




A ENEVA, maior geradora privada de energia termelétrica do país, informa que apresentará à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), nos próximos dias, proposta ajustada para a adequação das obrigações de fornecimento de energia por parte de sua usina Parnaíba II.



A companhia considera que os termos e condições determinados hoje pela Aneel, em sua reunião de diretoria, se aproximam às condições mínimas necessárias à manutenção da viabilidade econômica do projeto de Parnaíba II. A agência indeferiu a proposta anterior apresentada pela ENEVA e facultou à companhia o envio de uma nova proposta ajustada.



Os termos e condições propostos pela Aneel compreendem os seguintes itens:


A conclusão das obras de Parnaíba II até dezembro de 2014;

A postergação dos Contratos de Comercialização de Energia Elétrica (CCEARs) no Ambiente Regulado, que passariam a ter início em 1º de julho de 2016, ou, antecipadamente, na data de autorização para operação comercial da usina;

Penalidade no valor total de R$ 310 milhões, a ser paga parceladamente através da redução da receita fixa anual da usina pelo prazo dos CCEARs; e

Renovação da Garantia de Fiel Cumprimento, no valor de R$ 60 milhões, até julho de 2016.



Adicionalmente, a companhia deverá promover o fechamento do ciclo das quatro turbinas a gás da usina termelétrica Parnaíba I em até cinco anos, sujeito a certas condições precedentes, dentre as quais a venda da energia no mercado regulado e a obtenção de financiamento de longo prazo.



A ratificação de um acordo final com a Aneel considera uma evolução satisfatória das discussões comerciais com a Parnaíba Gás Natural (PGN) nos próximos dias.



ENEVA e PGN trabalham em conjunto para otimizar a produção de gás natural face ao atual cenário de alto despacho termelétrico no Brasil, incluindo, entre outras medidas, o gerenciamento dos poços existentes, a perfuração de poços adicionais e a aceleração da produção em novas áreas já aprovadas pela  ANP para produção comercial.





Parnaíba II

Parnaíba II usará gás natural como combustível e terá capacidade para gerar 518 MW. Quando entrar em operação, a usina colocará no Sistema a energia termelétrica a gás natural mais barata do Brasil, com custo de valor unitário de R$ 59/MWh.


O Complexo Parnaíba, pioneiro no Brasil por integrar a produção de gás natural à geração de energia, compreende as usinas termelétricas Parnaíba I, Parnaíba II, Parnaíba III e Parnaíba IV. Atualmente, já estão em operação as usinas Parnaíba I (676 MW), Parnaíba III (176 MW) e Parnaíba IV (56 MW), totalizando 908 MW de energia para o país.


SOBRE A ENEVA 

A ENEVA atua na geração e comercialização de energia elétrica e possui negócios complementares na exploração e produção de gás natural. A Companhia tem, atualmente, capacidade instalada bruta em operação de 2,4 GW e constrói 518 MW adicionais, estando assim entre as maiores empresas privadas de geração de energia elétrica no Brasil. A ENEVA possui ainda participação em blocos terrestres de gás natural na Bacia do Parnaíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog