DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Esclarecimentos sobre obras do PAC Rio Anil

Deputado Weverton aprova requerimento de informações na Comissão de Desenvolvimento urbano

A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara aprovou hoje (27) requerimento do deputado federal Weverton Rocha (PDT/MA) solicitando informação ao ministro das Cidades sobre o andamento das obras do PAC do Rio Anil no Estado do Maranhão.

Entre os questionamentos estão a etapa de execução que se encontra a obra, a data para término, os critérios utilizados para distribuição das moradias aos cadastrados e critérios para cadastramento, os próximos passos para a conclusão da obra, o valor aportado pelos governos Federal e Estadual para conclusão da obra e se projeto está dentro do cronograma de atividades. 


De acordo com o parlamentar, a população local já realizou diversas denúncias de que as obras estão praticamente paradas e está havendo irregularidades nos sorteios para distribuições das moradias já concluídas. “As obras estão praticamente paradas por falta de recursos. Não sabemos ao certo o que está havendo. A população sofre com a espera e a falta de informação. Esperamos que o Ministério das Cidades possa esclarecer os questionamentos para tranquilizar as quase 2000 famílias que serão beneficiadas diretamente pela conclusão das obras”, disse.

PAC Rio Anil

O projeto PAC Rio Anil I é uma ação conjunta dos governos federal e estadual que visa à remoção de famílias que moram em palafitas à margem esquerda do Rio Anil, entre os bairros da Camboa, Liberdade, Fé em Deus e Alemanha na capital São Luís do Maranhão.

O projeto foi iniciado em 2008 e prevê além da construção da Avenida IV Centenário – obra que margeia toda a área de intervenção (entre a Camboa e a Alemanha), a construção de 2.720 apartamentos, áreas de equipamentos urbanos de recuperação ambiental, melhorias habitacionais nos bairros que integram a região alvo do projeto, reforma do Teatro Padre Haroldo no bairro da Liberdade (já entregue à população) e regularização fundiária de aproximadamente 15 mil imóveis até o final de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog