DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

terça-feira, 4 de junho de 2013

Viana e mais 14 municípios participam do "Água para Todos"


A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima), já instalou 3.491 das 4.302 cisternas que serão instaladas em 15 municípios maranhenses até o mês de maio deste ano. A previsão é de que até o mês de setembro de 2013 seja concluída a primeira etapa do Programa Água para Todos no Maranhão. O Programa atende famílias que vivem na zona rural, possuem renda familiar mensal de até R$ 140 e que estão inseridas no Cadastro Único do Bolsa Família, o CadÚnico.
As cisternas instaladas são de polietileno, com capacidade para armazenar 16 mil litros de água proveniente das chuvas, quantidade suficiente para suprir as necessidades básicas de uma família de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses.
De acordo com o superintendente da Codevasf no Maranhão, João Batista Martins, a importância dos reservatórios para os beneficiados é muito grande, pois são pessoas que vivem em comunidades isoladas, distantes de áreas urbanas e em condições críticas de abastecimento de água durante as temporadas de seca. "O principal objetivo do Programa Água para Todos é universalizar o acesso à água entre a população rural. Daí a necessidade de atendermos com bastante atenção a essas pessoas, com foco não apenas no cumprimento de metas, mas também no acompanhamento dos resultados gerados, que é justamente levar uma melhoria de vida a essa parcela da população que atravessa longos períodos de estiagem", comentou o superintendente da Codevasf.
O abastecimento das cisternas ocorre durante os períodos chuvosos, quando a água é aparada no telhado da residência onde vive a família beneficiada e conduzida, por meio de um sistema de calhas e canos, para o interior das cisternas.
No Maranhão, o programa está sendo instalado nos municípios de Alto Alegre, Anajatuba, Arari, Cantanhede, Capinzal do Norte, Codó, Coroatá, Matões do Norte, Miranda do Norte, Peritoró, Pirapemas, São João do Sóter, São Mateus, Viana e Vitória do Mearim.
O secretário da Sagrima, Cláudio Azevedo, explicou que na segunda etapa do Programa Água para Todos está prevista a instalação, pela Sagrima, de 75 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água, e mais 100 que serão instalados pela Codevasf. "Os sistemas são um conjunto de obras, equipamentos e serviços destinados ao abastecimento de água de uma comunidade para fins de consumo doméstico, serviços públicos, produção de alimentos e outros", explicou Cláudio Azevedo.
Canais de Interlocução
O programa Água para Todos possui uma série de canais de interlocução com a sociedade para esclarecer dúvidas e encaminhar sugestões e queixas. Além de dar suporte aos beneficiários diretos das ações, estes canais fornecem informações sobre os critérios usados para o direcionamento das atividades e permite que eventuais denúncias sejam registradas. "É importante que as comunidades participem deste processo que busca facilitar o acesso à água em áreas de escassez. Ter clareza sobre como a água é armazenada, como deve ser tratada, porque determinadas famílias recebem as cisternas de abastecimento e outras não recebem, quais são os requisitos essenciais para ser beneficiado e qual é a autoridade mais próxima habilitada a encaminhar soluções são orientações fundamentais para o sucesso do Água para Todos", aponta Carlos Hermínio de Oliveira, coordenador do programa na Codevasf.
As famílias beneficiadas com as cisternas de consumo instaladas pela Codevasf dispõem de uma linha de atendimento gratuito para o esclarecimento de dúvidas. O telefone 0800-0816060, mantido pela Acqualimp, empresa que fabrica os reservatórios, atende de segunda a sexta-feiras, das 8h às 17h. Informações sobre características do equipamento e cuidados para conservação e limpeza, por exemplo, podem ser obtidas por este número.
Paralelamente, o Ministério da Integração Nacional (MI), instituição que coordena o Água para Todos, mantém uma Ouvidoria para esclarecer dúvidas, registrar reclamações e fornecer informações sobre o trabalho da instituição. O número 0800-610021 atende de segunda a sexta-feiras, das 8h às 17h30. Quem preferir pode enviar mensagem para o e-mail ouvidoria.mi@integracao.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog