DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

O depoimento do Prefeito Costinha na Procuradoria Geral de Justiça

A verdade do Costinha Prefeito do município de Turiaçu


Confira o depoimento do prefeito Costinha na Procuradoria Geral de Justiça do Estado do Maranhão contra o servidor do Ministério Público do Maranhão o Chagas Freitas. O prefeito como forma de querer mostrar que manda em todos, e depois de variadas tentativas de calar o servidor na comarca, apelou para os integrantes de sua tropa de choque, composta por indivíduos de várias espécies, dispostos a aprontar travestidos do poder, planejaram, já está comprovado. Mas aqui, o que interessa são os atos do prefeito e de nada nos interessa as motivações de todos aqueles indivíduos que se manifestaram em favor do prefeito, tanto é verdade que em nenhum momento publicamos e nem daremos publicidade às ações dos tutores do prefeito, que sabemos a índole de cada um deles. São indivíduos que não tiveram a menor preocupação em fazer distinção entre ética e direito. Percebe-se que esses tipos de animais estão proliferando mais que coelho no cio. Não se importam com o sofrimento, a dor e angústia da população, quem não lembra do caso Caribu, ao invés deles procurarem punir os torturadores, se juntaram, tentaram unir o útil ao agradável para combater o servidor que não aceitou conchavos para mascarar a realidade. O que o dinheiro não faz, o dinheiro que não é deles, porque não é possível se acreditar em senso desses animais em sua insciência não se importarem com tanto descaso. O sujeito não tinha mais o que inventar.
Confira o depoimento do prefeito Costinha contra o servidor do Ministério Público a seguir:


DEPOIMENTO DO PREFEITO DE TURIAÇU CONTRA O SERVIDOR DO MPMA

A autoridade daquele que chegou a dizer e nem precisava, que ele mandava na cidade.
O Prefeito Costinha de Turiaçu, a todo custo "armado" tentou impor sua autoridade sobre os munícipes em especial os que o ajudaram estiveram na sua mira todos que se recusaram a se abaixar para o embusteiro; e quem não se lembra do caso do pedreiro como muitos seu ex-coadjuvante também, que em visita à redação do Jornal Pequeno Lázaro Narciso de Sousa Filho, conhecido como Lazinho, informou ter sido agredido fisicamente e com palavras de baixo calão pelo atual prefeito do município de Turiaçu, Raimundo Nonato Costa Neto - COSTINHA (PT). O episódio, segundo LAZINHO, teria ocorrido em plena praça pública, no momento em que ele trabalhava em uma construção, acompanhado de dois ajudantes. Acontecimento no mês de fevereiro de 2010.
O mais estranho dentre as várias declarações do prefeito, foi o fato dele ter citado o nome da nova promotora de Justiça da Comarca, sobre o suposto atrito! Se houve este atrito, porque será? Se houve esse suposto atrito que o prefeito declarou, qual o quais as motivações? Há muita coisa estranha nessa história e tentaram fazer o servidor perder o emprego.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog