DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

terça-feira, 5 de abril de 2011

S.O.S – RIO DA PRATA

S.O.S – RIO DA PRATA
Aproveitamos este nobre espaço para alertar os turienses, ecologistas, estudantes, e órgãos competentes mais precisamente o Ministério Público; pois se trata de uma questão ambiental de total interesse para nós. “Vamos aos fatos: 97% da água do planeta é água do mar, imprópria para ser bebida ou aproveitada em processos industriais; 1,75% é gelo; 1,24% estão em rios subterrâneos, escondidos no interior do planeta. Para o consumo de mais de seis bilhões pessoas do mundo inteiro está disponível apenas 0, 007% do total de água da Terra.”

Dentro desse contexto e baseado na Declaração Universal dos Direitos da Água, que diz nos seguintes artigos:

Art.1º - A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.

Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta. Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito á água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3º da Declaração dos Direitos do Homem.

Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de determinação da qualidade das reservas atualmente disponíveis.

Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem, nem pelo Estado. Queremos aqui ainda não criticar, mais alertar as autoridades locais para tenham o bom senso, a consciência de que apenas um decreto pode causar danos irreparáveis na vertente do Rio da Prata localizado nas proximidades do povoado de Nova Correia em Turiaçu, e que poderá no futuro ser grande serventia para essa população tão sofrida com a problemática da água.

Geograficamente temos um dos rios mais importantes do Estado mais que esse não banha a nossa cidade, e daí a necessidade de preservarmos as nossas nascentes, vertentes ou aqüíferos como queiram denominar. Portanto é inaceitável, inadmissível a implantação de um lixão e/ou aterro sanitário naquela área, pois estarão cometendo novamente outro erro como aconteceu com o lixão do Botequim.

Além da consciência e preciso um estudo, uma análise mais apropriada de um local adequado para disposição dos resíduos gerados nas atividades humanas nesta cidade. Existem técnicos competentes da área é só contratar. Deixamos dessa forma nosso pedido, nosso alerta, mas com uma ressalva, qualquer decisão contrária a preservação do nosso meio ambiente, vamos às ruas, escolas, ONGs, pedir apoio. VIVA Á AGUA! VIVA A NATUREZA!

Prof. CLAÚDIO RIBEIRO (Colaborador Blog BAIXADA MARANHENSE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog