DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

sábado, 23 de outubro de 2010

TURIAÇU: Sintetizando a ridicularização

Colaborador oficial do blog Baixada Maranhense na urbe Turiaçu
DSC03195.JPG
Professor Cláudio Ribeiro
Por: Cláudio Ribeiro

É ridículo o que ocorreu no processo das eleições para escolha da nova direção do Sintet (Sindicato dos Trabalhadores na Educação de Turiaçu). Trata-se de uma “intervenção” vergonhosa por parte do prefeito que se camuflou através de sua irmã e do “escangotado mamulengo” Secretário de Educação. Tomaram partido a favor da atual e “alienada” Presidente, até mesmo porque a mesma não representa em nada a classe dos professores. Quando digo não representa nada, é porque a presidente não tem voz ativa, não tem expressão ou postura para o cargo que ocupa, foi “colocada” no cargo pela ex-direção do Sintet quando servia aos interesses(trampolim) daquele que dizia ser o representante autêntico da classe(e deu no que deu); e continua partidária do brejeiro prefeito, só faz o que o mamulengo secretário quer e que este só faz o que a irmã do prefeito manda. Pior do que tudo isso é ver um professor que se dizia a favor da classe e hoje também está atrelado ao “sistema” da enganação (lembrar não custa nada), aqui neste blog foi postado uma pauta de reivindicações feita após uma manifestação pública assinada por esse professor que na época não queria ser chamado mais de companheiro(mais sua atitude já era esperada), hoje esqueceu tudo das reivindicações do discurso e pede misericórdia pelo prefeito dizendo que o mesmo tá “aperriado” por conta da “alta folha de pagamento”, só tem um detalhe que o mesmo não sabe dizer, é que a “alta folha de pagamento” não é dos professores, zeladores etc. e sim dos agiotas, grandes empresários, dos ladrões camuflados(lembrar dos assaltos) etc. Agora indago? O que tem os milhões do Fundeb com isso? Aonde está a probidade, o respeito pelos direitos da classe, é necessário “comprar” as mensalidades atrasadas dos professores para eleger sua “alienada” companheira para “calar” a voz dos educadores que são formadores de opinião. “Isso é uma vergonha”. Na administração passada chamavam o prefeito e o secretário de “minúsculos”, só que tem uma diferença, nunca os professores foram “saqueados” ou desrespeitados de seus direitos e nem tampouco houve “intervenção” na direção do Sintet, além do mais recebiam seus salários em dia, abonos, cursos de capacitação, férias etc. Posso até ter sido “marionete”(como me chamavam), em algumas situações, mais era único, agora temos um teatro inteiro de títeres, mamulengos, palhaços, onde o ator principal é denominado como o pior prefeito da história de turiaçu para a educação sem citar outros setores da administração pública, onde ele pensa que pode “comprar” a dignidade, ideologia, respeito, valores, direitos dos cidadãos, até que pode mais daqueles que são fracos de consciência e que merecem ser desmascarados por suas atitudes nefastas e enganosas perante a população. Os educadores merecem sim, um sindicato que tenha uma direção a qual o único lado, partido, seja os professores e não uma minoria que não representa o pensamento dos demais e que não se renda ao sistema ou a desculpas “esfarrapadas” de um embusteiro prefeito como esse que tá aí. Hoje estou na platéia, local na qual estiveram no passado e ex-direção do Sintet, quando fui vítima de detenção arbitrária por parte do poder judiciário, ministério público(local), onde todos já sabiam o que ia acontecer pois comungavam juntos, e agora? Será que já não é hora de tirar a venda e autuar o prefeito por improbidade ou será que a educação está “cem por cento”(como já disseram por aí) também para eles. Com a palavra dona justiça (sem as vendas). Até a “comemoração” da chapa “vencedora alienada, atrelada” foi sutil para camuflar o que fizeram por trás das cortinas da vergonhosa, decepcionante, teatral administração “destruindo a cidadania” será que me enganei no slogan. Como dizia nosso velho amigo Roque Maia (in memoriam), “mais que dói, dói, ah! como dói”. Longe do anonimato, Prof. Cláudio Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog