DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Burburinho social em Turiaçu

O mestre dos disfarces como se fosse eterno espanca o povo pobre emocionalmente!
 
O desespero tomou conta de sua excelência o embusteio mais popular de Turiaçu, pelo menos foi.

O "homem" atuou de forma espetacular, segundo me contou um amigo da cidade, e gritou que tem dois caixão, um pra ele e outro para o seu vice, o empresário João do Gás, isso tudo porque ele anda assustado com o seu fantasma de que estão querendo lhe caçar, debochado, ele está sempre querendo arrumar uma desculpa para empurrar com a barriga os problemas que ele ajudou a criar, antes mesmo da sua campanha e no início do seu governo dizia na igreja que tentou usar como um de seus instrumentos destemperados para fantasiar e tentar esconder a guerra que travou desde a sua posse quanto tentou sem sucesso eliminar Oim Rabelo de uma articulação para o comando do Legislativo Municipal, tentou de todos os artifícios, uma guerra disfarçada pelos sorrisos, dissimulada pela palavra sem vida (quem ainda acredita nesse sujeito?) que a culpa era do ex-prefeito Umbelino, parece que não colou pois a população demorou mas percebeu a armação e o embusteiro perde terreno a cada mês e isso parece que abalou seu equilíbrio, o povo percebe que ele diminuiu sua consciência. E percebendo com argúcia incentivado este blog iniciou um trabalho de comunicação para ajudar também todos que desejam libertar um dia o município de Turiaçu.
Há um burburinho social, que o encanto do povo acabou, a cada dia ele coloca molho na sua destemperada gestão, e muitos comentam: "o cara pirou"; e tenta produzir assunto sem fundamento sobre seus coadjuvantes e os turienses não sentem-se mais seduzidos pelo ressabiado, estão atentos ao seu comportamento, ele anda nas ruas e as pessoas não chegam perto, fazem de conta que não tem ninguém, fui informado que viram as costas, as pessoas que o aplaudiam com ânimo já sabem defini-lo, um indivíduo saturado de erros crassos contra seus patrícios e seus coadjuvantes.

Sem afeto, sem altruísmo, sem gentileza, assumiu outra roupagem age na tentativa de se esconder, e no início parece ter sido atormentado por preocupações, atritos mal resolvidos e atualmente uma necessidade neurótica de controlar os outros, esta é a sua guerra; deveria exalar sinceridade em relação a seus erros, falando o essencial. Ele é um prefeito e vai ser o primeiro na história de Turiaçu a conseguir uma reeleição no município, pelo menos é o que povoa o pensamento 'deles'.

Assunto, Silomar, Fidélis, Lazinho, tudo com certa ligação ao onipotente gestor disparatado, Martinho Barbudo e tantos outros que com receio tem medo de gritarem, sofrem calados, a maioria.

Os argumentos são desculpas para a frouxidão de caráter. Agora vale lembrar os discursos para perceber que o vírus da demagogia, que infecta alguns agentes políticos e que esse embusteiro ferozmente combatia nos palanques para depois achincalhar as pessoas, lhe contaminou. A pobreza existente no município, o caos administrativo de que tanto ele se utilizou eram fontes excelentes de autopromoção. Era tempo de reagir.

Assim, consternado, o povo de Turiaçu, foi facilmente abatido pelas perdas, adversidades, escárnios, traições, frustrações, foi nocauteado e agora tem seus motivos para chorar, uns com lágrimas úmidas, outros com lágrimas abrigadas dos olhares sociais, todos, enfim, experimentam, no script desse espetáculo, em maior ou menor escala, a brisa do êxito e a trama da derrota, o sabor da felicidade e o paladar da traição, a textura do alívio e a contingência da dor.

Apesar de abatido pela cálida dor, alguns dos servidores municipais trabalhadores que lutam para sobreviver, os profissionais que removem entulhos enfrentam com dignidade seu inverno emocional(faltam menos de 3 anos), com salários atrasados e sem aplausos sociais numa administração pouco generosa e que tem histórias borbulhantes, destituída de criatividade, sem tempero emocional, aprisionada na teia da mesmice e que tenta esconder suas mazelas debaixo da influência que o poder lhe propicia.
Mas esse clima instaurado na era do intrujão, um aquecimento social desagradável para quem está deste lado do balcão, gerado na lama do mundo deles, não desmarcou a esperança do povo de Turiaçu, que parece ter medo, porque andando armados (e protegidos) demonstram estarem dispostos a tudo, iniciado o segundo ano sob clima tenso, uma gestão que vem sendo um peso para a população, na época de Umbelino não faltava comida na cidade, tinha peixe no mercado, tinha dinheiro na cidade e no município, mas a esperança tem sido uma fonte de alegria e tem arejado a emoção dos muitos desses pobres sofredores que como miseráveis vem sendo tratados como se tivessem de se ajoelharem em agradecimento pelo privilégio de o terem elegido e de alguma forma ajudado.
Saiba que a miséria não interessa apenas ao miserável, mas também àquele que discursou em 2008 sobre ela para se autopromover no teatro social.
Rousseau disse que o homem nasce bom e a sociedade o corrompe. Mas essa idéia precisa de reparos: para mim, o homem nasce neutro e o sistema social educa ou realça seus instintos, liberta seu psiquismo ou o aprisiona. E normalmente o aprisiona.
Ninguém muda ninguém. Só as próprias pessoas têm o poder de se mudar.

A vida é um show, e por trás de um ator ou atriz que falha há sempre uma pessoa machucada nos bastidores.

Tenha uma excelente semana.
Saudações fraternas!
Chagas Freitas

Um comentário:

  1. Turiaçu vive sua pior adiministraçâo, em seus mais de 140 anos de emacipaçâo!

    ResponderExcluir

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog