DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

sábado, 16 de janeiro de 2010

Privatização do poder





Alguém já disse isto: "O poder existe para servir. Poder que se serve não serve." É verdade!
Neste país impera a cultura estatal patrimonialista, fruto do colonialismo português, em que não há limitação entre as esferas pública e privada, ou seja, amiúde se verifica a utilização do poder público para prover favores privados, inclusive, e muitas das vezes, sob o manto de uma aparente legalidade. É a utilização da máquina pública em prejuízo do todos-são-iguais-perante-a-lei. A res publica, então, transforma-se em cosa nostra.
U
ma vez experimentado o poder, e expirado seu prazo de validade, o agente político, acostumado a servir-se do mesmo, como se dono fosse, leva-o, ainda que em pequena dose, para sua vida privada
Diante desse absurdo, a sociedade, por seus vários instrumentos de defesa, inclusive e principalmente pelo Ministério Público, não pode ficar prostrada, não pode se omitir. O imperativo ético da ação deve substituir a acomodação. Não há, pois, espaço para o conformismo e a passividade. Leia mais no blog Promotor de Justiça

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog