DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Mesmo agredido, tem disposição

do blog de RobertLobato
Jackson Lago, disposição para voltar à luta
O governador deposto pelo golpe judiciário, Jackson Lago, encontra-se em São Luis depois de alguns dias de descanso de fim de ano.
O líder pedetista encontrou-se com lideranças do seu partido, assessores e amigos para conversar e trocar impressões sobre o momento político atual e os seus planos eleitorais para este ano.
Governador Jackson Lago: disposição para a luta
Governador Jackson Lago: disposição para a luta

Jacskon Lago afirmou, com exclusividade ao blog, que mantém o seu nome à disposição do seu partido, o PDT, das oposições e da sociedade geral para concorrer ao governo do Maranhão nas eleições de outubro. "Não há nenhum fato novo na política ou na minha vida pessoal que me obrigue a desistir de manter o meu nome à disposição do partido, das oposições e da sociedade em geral como candidato a governador do Maranhão. Volto à luta com toda a disposição de retomar as viagens pelo estado e discutir com a cidadania maranhense a retomoda pela democratização do Maranhão", afirmou ao blog.
O pré-candidato do PDT ao governo disse também, que ver com tranquilidade e naturalidade a pré-candidatura do deputado Flávio Dino para governador. "Flávio Dino é um político jovem, saiu recentemente de uma importante eleição para prefeito de São Luis, e vejo com tranquildade a sua pré-candidatura. É um direito legítimo dele e temos que respeitar", assegura.
Nesta manhã, Jackson Lago voltou a visitar a futura sede do PDT onde funcionará os trabalhos da sua pré-campanha, e da campanha propriamente dita. A data para inauguração da sede está prevista para o dia 5 março, logo após o carnaval 2010.
Seja bem-vindo à luta, companheiro!

 "agressão ao governador Jackson Lago"
O ex-secretário de Esportes e Juventude na gestão Jackson Lago, Weverton Rocha, divulgou nota à imprensa onde rebate a campanha sistemática feita pelo atual governo, através do sistema Mirante, contra a sua passoa .
Na nota, Rocha afirma que a tentativa do governo em desmoralizá-lo tem como real objetivo atingir o "Governador eleito pelo voto, Jackson Lago".
Este blog, em recente post, afirmou que há uma estratégia de governo que consiste em prender ex-auxiliares diretos do governador desposto pelo golpe judiciário. Werverton Rocha é um deles, seguido por Aderson Lago e Othelino Neto.
Abaixo, a íntegra da nota do ex-secretário de Esporte e Juventude.

RESPOSTA AO ESTADO DO MA
O governo de Roseana Sarney quer me desmoralizar. Eles acreditam que fazendo isso estarão agredindo diretamente o Governador eleito pelo voto, Jackson Lago.
O governo durante os últimos meses me apedreja dia após dia, no intuito de arruinar o pouco tempo em que passei à frente da Secretaria de Esportes e Juventude, e o muito que contribuí para o crescimento dos jovens do nosso estado. É como se jogando lama em minha moral, eles conseguissem fazer o povo esquecer a construção das quadras construídas, praças e o único centro de Juventude que o Maranhão já teve, construído em minha gestão, em Timon, e que seria apenas o primeiro de um plano de administração que foi interrompido pela incoerência da candidata não eleita, e inconformada, Roseana Sarney.
Por causa da ira feroz da filha do senador José Sarney, respondo hoje a vários inquéritos, e a polícia esta semana, conforme matéria de capa deste jornal decidiu-se por um pedido de prisão contra mim. Pedido esse totalmente descabido e sem nenhuma consistência jurídica.
Em primeiro lugar não me aplico a nenhum dos requisitos necessários para que esse pedido fosse de fato real, são eles: Necessidade de garantia de ordem pública, conveniência da instrução criminal, e aplicação da lei penal.
Mesmo que as acusações contra mim tivessem procedimento, já estou fora da máquina pública desde o início de 2009, o que invalidaria o pedido baseado na necessidade de garantia de ordem. Mesma coisa sucede ao requisito da conveniência da instrução criminal. O inquérito já foi encerrado, e os autos já foram encaminhados a justiça, o que me torna incapaz de interferir nas investigações. Ademais, eu que sempre colaborei e me coloquei a disposição da polícia, atendendo a todas as intimações. Isso por se só revela o descabimento de um pedido de prisão.
Por fim, só restaria o argumento de aplicação da lei penal, e este só é cabível em risco de fuga. Não tenho porque fugir, mesmo porque todas as acusações da qual sou vítima, são infundadas e posso perfeitamente me defender de todas elas, em juízo. Basta aguardarmos o desfecho de tudo isso. Sou ciente da minha inocência, por isso estou tranqüilo em afirmar que tudo isso não passa de um malogrado plano para me desestabilizar e me fazer recuar no combate a este grupo responsável por todo o atraso e miséria instalados hoje no nosso Estado.
COSTA RODRIGUES
No que diz respeito ao Costa Rodrigues, não interessa a atual gestão do governo do estado, que a obra seja terminada pela empresa contratada para executar a obra. Questionam a questão jurídica da contratação. Resposnderei tudo isso em juízo tão logo seja chamado. Porém acho um absurdo que até agora não permitam que o Ginásio seja finalizado.
Os pagamentos para aquisição de equipamentos como telhas termo-acústicas, estrutura metálica, piso com amortecedor, ferragem do concreto, entre outros itens, foram adquiridos e pagos pelo construtor, conforme o andamento da obra. O custo total da obra é de mais R$ 8 milhões. A obra não foi paga em sua totalidade.
Nenhuma das afirmações acima justifica legalmente o embargo da obra pelo secretário de Esportes e Juventude, Roberto Costa. O ato de paralisar a obra não tem fundamento jurídico, além de ser um prejuízo ao erário público.
Os bens materiais que compõem a obra, adquiridos com dinheiro público, estão se deteriorando, enquanto a obra está paralisada por mera vontade do secretário Roberto Costa.

São Luís, 18 de fevereiro.
Weverton




Quer ver seus e-mails de todas as contas num lugar só? Junte todas elas no Hotmail.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog