DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

terça-feira, 30 de junho de 2009

Folclore de Turiaçu

Veja aqui a história sobre a origem do município de Turiaçu

O Folclore turiense é a mistura, ou seja a formação de raças (branco, índio e negro), resultaram num acervo de tradições que se manifesta através de um folclore difundido em todo o município, desde o tambor de crioula de Campina dos Roxos até as festas juninas da sede e o Carrossel de Fitas de dona Síria do Bairro do Castanhal.

O Tambor de Crioula é manifestado durante as festas juninas e nos festejos de São Benedito destaque para os povoados de Campinas dos Roxos e Jamary dos Pretos, todos os componentes se divertem marcando compasso em frente dos tocadores; reúne vinte ou mais figurantes em trajes coloridos, cantando versos com estribilho.

O Bumba-meu-boi de Turiaçu tem os estilos ou sotaques: de zabumba e matraca reflete tipos da terra e conserva seus mitos nos personagens de Pai Francisco (sátira ligado aos padres franciscanos). Cazumbá (personagem que pode ser de influência negra. Os negros Angolanos possuíam um diabo chamado Cazumbi). Mãe Catarina, em alguns povoados é chamada de Mãe Catarina (Mito do boi). Burrinha que tem a incumbência de “tirar prendas” entre os assistentes.

Os instrumentos: os tambores caixa, tambor onça imita a voz do boi. As matracas é segundo os brincantes para não deixar negro dormir, os maracás de latas e os chocalhos.
A coreografia é marcada pelos caboclos e caboclas com vestimentas de índios.
Destaques ultimamente para o bumba-meu-boi de Tauá, cruzeiro e Antoni Dino eram famosos os bois de São José do Brito, Jamary dos Pretos e Butequim.
Tambor de Mina é de grande efeito sonoro e coreográfico é constituído de danças em terreiro de umbanda e candoblé. Geralmente os tambores são chamados de atabaques, no município é mais praticado o ritual de Umbanda. Os terreiros mais famosos foram os Terreiros de Júlio Mineiro, povoado de Brejo, Terreiro de Dona Henriqueta de Campo Grande, Terreiro do Grigorinho do Brito, Terreiro de Dona Emilia de São Romão e atualmente Terreiro do Pavão, Terreiro do Tintol, Terreiro de Chico Sousa, Terreiro do Demetrio do povoado de Fortaleza etc.

Festa do Divino Espírito Santo – A festa do divino teve origem em Portugal, com a construção da Igreja do espírito santo, em Alenquer. Chegou ao Brasil no século XVI e ganhou popularidade no município até a década de 1960 a festa era realizada de quinta feira da Ascensão do senhor ao Domingo de Pentecostes, datas móveis do mês de maio.

As Caixeiras eram quase sempre senhora idosas e negras, causava admiração sua resistência, nas longas caminhadas em busca de donativos para o santo. Hoje é uma festa extinta no município resta apenas algumas musicas de autories desconhecidos provenientes de área dos quilombos.

Festas Juninas – Os festejos ju8ninos tem início em 15 de junho e término em 11 de julho, quando o município comemora aniversário, antes era realizado no Largo de São Benedito e recentemente está sendo apresentado no Cais da Cidade. Os festejos incluem apresentação de quadrilhas, onde merece destaque a quadrilha do apito de Sababa, quadrilhas da sede e dos bairros do Canário e Castanhal. Temos ainda: Dança portuguesa denominada “Estrela de Portugal”, Dança Cigana, Dança Indígena, Bumba-meu-boi, Tambor de crioula etc. além é claro das barraquinhas típicas cobertas de palhas, onde vendem-se quentões, aperitivos, água de cocos e o tradicional churrasquinho.

Festejos da Semana da Pátria – é comemorado de 1º a 7º de setembro com bastante originalidade e tradição, é sem dúvida um dos melhores desfiles de estudante sdo Estado e vem se constituindo em uma importante atração turística do município, paralelamente temos o Torneio da Independência e o Turifolia uma espécie de carnaval fora de época.

ARTESANATO – é a cultura espontânea do povo turiense especialmente os residentes nos povoados.

Artigos de palha: cofos, abanos, mençabas, tapitis, peneiras, peneiros, redes, cordas, gaiolas etc.

Artigos de cipó: vassouras, cadeiras, cestos, caçoá etc.

Artigos de madeira: mesas, cadeiras, mochos, malas, cangalhas, colher d epau, gamela, moinho para descaroçar algodão, pilões, sarilhos e confecção de pequenos barvos etc.

Artigos de barro: potes, alguidares, panelas, bilhas, telhas, tijolos, jarras etc.

Artigos de couro: objetos de sela etc.

Artigos de ferro: ferro para marcar reses, portões etc.

Artigos de linha, fio e barbantes: destaque para o crochê, tapeçaria, vranda e bordados feito pelas donas de casa turiense para aumentar a renda familiar.

Temos ainda a confecção de redes e utensílios de pesca feita pelos pescadores turienses.

Os Pratos típicos: o gosto português da boa mesa o exotismo da comida indígena, o rico tempero de origem africana, todas essas influencias juntas explicam o sabor da cozinha turiense, destaque para o Avoado de Peixe (tipo de peixe assado e comido na hora), Peixe Muquiado (peixe assado na folha debaixo da cinza quente do fogão de lenha), Torta de Camarão, assado, Chibé com Nhorre (salpreso) assado, Vinho d e Açaí com camarão, Pescada ao escabeche e farinha escaldada com o torresmo ou tripa de porco etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog