DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

quarta-feira, 24 de junho de 2009

DESVIOS DE RECURSOS ATRAVÉS DE POÇOS ARTESIANOS

(matéria veiculada pelo jornal Extrasemanal no dia 23/06/09)
DESVIOS DE RECURSOS ATRAVÉS DE POÇOS ARTESIANOS *

Durante a campanha de 2006 que elegeu o medico Jackson Lago, estando no governo do Maranhão o eng. José Reinaldo, pelo menos o que mais se observou em varias Comunidades dos municípios da baixada eleitoral ocidental, foram comentários de irregularidades quanto a construção de poços artesianos sem qualquer fiscalização por quem de direito, sendo desse modo entregue a moradores. Muitos dos quais, com profundidade muito inferior ao que na realidade havia sido preestabelecido nos processos licitatórios na Secretaria de estado da Saúde, que havia se qualificada com gestora junto a Fundação Nacional de Saúde-FUNASA, de Recursos destinados a construção e funcionamento de poços artesianos, com o objetivo de diminuir as doenças veiculadas através do consumo humano de uma água fora dos padrões de potabilidade.
Sendo que a grande maioria dessas Comunidades se localizavam em terras sob a influencia dos campos inundáveis, é claro que com vinte metros ou muito menos, tais poços estavam fora do que havia sido preestabelecido pela contratante, estranhamente quando muitos dos “construtores” eram firmas geralmente sub-contratadas pelas empresas que legalmente haviam participado dos processos licitatórios.
O Ministério Publico estadual através do telefone 0800, inúmeras vezes foi alertado pelos próprios moradores envolvidos, previamente alertados a respeito, de que tais construções de fato não estavam sendo fiscalizadas, mas sim a serviço de interesses eleitoreiros quando era muito comum alguns candidatos se fazerem presentes durante a entrega da obra. Além é claro do evidente desvio de recursos originários do Governo federal, quando a profundidade dos poços artesianos, não conferia com a que fora contratada, após feita a medição pelos próprios moradores.
Diante dos fatos, e por se tratar de melhorar as condições que favorecem a Saúde Pública, acredita-se que não custa nada ao atual titular da Secretaria estadual de Saúde, em nome do interesse coletivo e acima de tudo em nome de diminuir a continuada veiculação de doenças através da água sem qualidade para consumo humano, que de imediato fosse designada uma equipe para conferir a profundidade dos poços artesianos atestado como se obedecessem as especificações contratuais e dessa maneira, pagos pela citada Secretaria estadual.
Agindo dessa forma, estaria o titular da Saúde Publica estadual, em nome da Governadora Roseana Sarney, agindo para reverter um grave quadro social, oportunizando as Comunidades envolvidas, uma água de qualidade e dentro dos padrões de potabilidade, principalmente em se tratando da Saúde das crianças e dos idosos.(movimento pro-desenvolvimento meio ambiente terras e pesca da baixada e litoral ocidental do maranhão* e-mail: baixadaelitoralocidental.ma@hotmail.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog