DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

terça-feira, 9 de junho de 2009

Deputado diz que 350 milhões serão torrados pelo governo Roseana

O deputado Edivaldo Holanda (PTC) rebateu na sessão de hoje (terça-feira, 9) denúncias formuladas pelo líder do governo, deputado Chico Gomes (DEM), de que durante a gestão do governador Jackson lago (PDT) teriam sido gastas todas as reservas financeiras do Estado. Para ele, “essa é uma inverdade que tem sido repetida na tribuna dentro daquela técnica de se dizer uma expressão várias vezes até que as pessoas absorvam como sendo verdadeira”. Edivaldo Holanda informou que o governador Jackson Lago fez convênios com as prefeituras, uma ação administrativa muito diferente daquela que a governadora Roseana Sarney (PMDB) quer fazer no Maranhão, com a construção de 65 hospitais ao custo de R$ 350 milhões. “Esses recursos não serão conveniados com os municípios. Serão loteados com empresas da família política da governadora sem ouvir os prefeitos, sem ouvir as comunidades, às vésperas de uma eleição”. Na avaliação do oposicionista, os R$ 350 milhões serão torrados pelo governo Roseana sem ouvir a base, muito diferente do que fez o governador Jackson Lago, que efetuou convênios. Edivaldo Holanda criticou o secretário Ricardo Murad (Saúde) por fazer parte do atual governo “da forma espaçosa que todos conhecem”, afirmando que “ele (Ricardo) é quem vai comandar esses R$ 350 milhões”. Para Holanda, o fato da governadora anunciar o “Viva Saúde”, com a construção de 65 hospitais, é uma prova de que os recursos não foram torrados no governo anterior e de que a governadora encontrou muito dinheiro nos cofres do Estado. Edivaldo Holanda também explicou que a transferência de recursos do Estado para municípios da Baixada, no final do governo de Jackson, também foi um ato administrativo legal porque o governador Jackson Lago ainda estava no exercício do mandato pendente de julgamento de recurso. “Ele era o governador dos maranhenses e estava na plenitude do seu governo, da sua administração e podia conveniar”. De acordo com Edivaldo Holanda, as justificativas do bloco roseanista para suspender o repasse dos recursos para Baixada revoltam os moradores da região e os pinheirenses. Segundo ele, o hospital que seria construído em Pinheiro serviria para toda a Baixada maranhense. Ele afirma que ilegítimo, embora respaldado por uma decisão judicial, foi o sequestro dos recursos diretamente dos cofres das prefeituras carentes e de um povo necessitado. “Era um dinheiro que iria amenizar e muito a situação de mais de 100 municípios do Maranhão”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog