DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Prefeitos fazem reivindicações para a governadora

Data de Publicação: 5 de maio de 2009
Reconstrução e melhorias habitacionais, recuperação de pontes e estradas, distribuição de cestas básicas e remédios estão entre as necessidades mais urgentes apontadas pelos prefeitos de municípios atingidos pelas enchentes. Eles se reuniram nesta segunda-feira (4), no Palácio dos Leões, em São Luís, com a governadora Roseana Sarney, secretários de estado, deputados e federais.

Roseana Sarney afirmou que todas as medidas estão sendo tomadas para acolher as famílias e conclamou toda a sociedade a ajudar no atendimento às vítimas. Os prefeitos receberam orientações sobre o preenchimento correto do Formulário de Avaliação de Danos (Avadan), documento que habilita os municípios a receberam ajuda do governo federal.

Segundo a Defesa Civil Estadual 41 municípios maranhenses foram afetados pelas enchentes, sendo que 29 estão em situação de emergência. É o caso de Pedreiras, na região do Médio Mearim, um dos mais atingidos.

O prefeito de Pedreiras, Lenoilson Passos, disse que a situação é cada vez mais crítica. Nas últimas 48 horas o Rio Mearim subiu 55 cm. Atingiu os locais em que estavam algumas famílias desabrigadas que estão sendo remanejadas.

“Estamos controlando a situação com o apoio de equipes de saúde e de assistentes sociais”, afirmou Lenoilson Passos. “Depois vamos precisar de recursos para reconstruir a cidade”.

O prefeito de Rosário, Marcone Bimba, disse que há 30 anos o Rio Itapecuru não subia tanto quanto subiu agora. São dezenas de povoados e mais de seis bairros debaixo d’água. Rosário também está entre os municípios que decretaram situação de emergência. São mais de 300 famílias desabrigadas, mais de três mil pessoas desalojadas e mais de 6 mil afetadas pelas enchentes.

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Marcelo Tavares, também participou da reunião. “Os maranhenses merecemos uma atenção especial por parte da União. Queremos a mesma atenção, a mesma preocupação do governo federal para as dificuldades que atravessamos neste momento”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog