DEIXE SUA CONTRIBUÇÃO EM COMENTÁRIOS

quinta-feira, 23 de abril de 2009

DEPUTADO PEDE NOVA ELEIÇÃO EM TURIAÇU

O deputado Raimundo Cutrim (DEM) apresentou hoje (terça-feira, 7), na tribuna da Assembleia Legislativa, documentos que, segundo ele, comprovam que o juiz Luiz Carlos Licar Pereira, da 3ª Zona Eleitoral, estava legalmente impedido de presidir as eleições municipais de 2008 no município de Turiaçu. Na semana passada, com base neste fato, o parlamentar defendeu o cancelamento do pleito no citado município.

"O Tribunal Regional Eleitoral tem que se pronunciar de imediato porque o juiz que presidiu as eleições municipais de Turiaçu não estava habilitado. Então, o pleito foi viciado e a única alternativa é anular as eleições para que possa haver outra", declarou Cutrim.
Dentre os documentos apresentados hoje por Cutrim, constou a cópia da decisão das Câmaras Cíveis Reunidas do Tribunal de Justiça, datada do dia 4 de abril de 2008, que, segundo ele, por unanimidade e em conformidade com o parecer da Procuradoria Geral de Justiça, acolheu pedido de exceção contra o juiz Luiz Carlos Licar, formulado pelo então prefeito de Turiaçu, Umbelino Ribeiro, em junho de 2007, declarando a suspeição do magistrado. O relator foi o desembargador Guerreiro Junior.
Raimundo Cutrim também apresentou cópia do despacho da desembargadora Nelma Sarney, então corregedora Eleitoral, datado do dia 5 de julho de 2008, no qual teria determinado cautelarmente o afastamento temporário do juiz Luiz Carlos Licar Pereira do exercício das funções eleitorais referente a todos os processos que envolvam Joaquim Umbelino Ribeiro até deliberações futuras.

"Sendo assim, está vigindo a decisão até a presente data. Então, o juiz foi notificado e tinha conhecimento que não poderia presidir o pleito eleitoral em Turiaçu", declarou Raimundo Cutrim.
De acordo com o parlamentar, mesmo sob a vigência do despacho da desembargadora Nelma Sarney, no dia 4 de agosto de 2008 o juiz indeferiu o pedido de registro de candidatura da coligação 'Trabalhando para o Povo', à qual pertencia o ex-prefeito Umbelino.
Cutrim informou ainda que após a decisão das Câmaras Reunidas do Tribunal, o prefeito Umbelino ajuizou outra Ação de Exceção de Suspeição, dessa vez no âmbito eleitoral, datada de 30 de setembro de 2008, solicitando que o juiz Licar fosse substituído na época das eleições municipais, sob a justificativa de falta de isenção e imparcialidade no processo eleitoral.
Explicou, ainda, que em decorrência da demora da decisão do TRE, a Coligação "Trabalhando para o Povo" e Joaquim Umbelino encaminharam ofício no dia 4 de outubro de 2008 para a promotora eleitoral de Turiaçu, narrando todos os fatos e anexando a decisão. "A promotora, até a presente data, não deu nenhuma satisfação".
Na avaliação de Raimundo Cutrim, o Ministério Público de Turiaçu fez vistas grossas às decisões do Tribunal Regional Eleitoral e do Tribunal de Justiça, deixando o pleito transcorrer normalmente.
Diante dos fatos expostos, o deputado Raimundo Cutrim ressalta que não pode aceitar o pleito de Turiaçú, por ter sido viciado. "O juiz tinha conhecimento que não poderia presidir as eleições e o Tribunal Regional Eleitoral, talvez por um descuido, não o substituiu, mas não precisava porque ele sabia que não poderia presidir por haver uma decisão do Tribunal de Justiça já transitada e julgada".
Finalizando, o deputado enfatizou que a situação de Turiaçu é gravíssima, e que o Poder Judiciário Eleitoral e o Ministério Público Eleitoral têm que tomar as providências imediatas a fim de que o Judiciário não fique maculado.
Autor: Jacqueline Heluy Agência Assembleia

FONTE: http://www.jusbrasil.com.br/noticias/989786/turiacu-cutrim-volta-a-defender-cancelamento-das-eleicoes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Toda pessoa tem direito à liberdade de opinião e expressão; este direito inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e transmitir informações e idéias por quaisquer meios e independentemente de fronteiras. Vale lembrar: a Constituição Federal brasileira de 1988 veda o anonimato.

CONHEÇA A LISTA DE CURSOS 24 HORAS, VOCÊ É MEU INDICADO PARA EFETIVAR SEU CADASTRO AQUI

Empresa Mexicana de produtos alimentícios e/ou nutricionais e naturais com a melhor e exclusiva tecnologia desenvolvida por cientistas da NASA, presente em mais de 20 paises, procura pessoas a partir dos 18 anos de idade Na Sua Cidade para érea de vendas e distribuição.


A Constituição Federal no inciso IV do artigo 5 garante a livre manifestação de pensamento mas veda o anonimato.

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo(a) aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo(a)."

OBRIGADO, POR SUA VALOROSA VISITA!

Oportunidades

Pesquisar neste blog